Skip to Main Content

Templo de Lin Fong

(Templo de Lotus)

Construído em 1592 e restaurado regularmente, este Templo de Lótus tem uma fachada famosa pelos seus intricados baixos relevos em barro, esculpidos no século XIX exibindo cenas históricas e mitológicas. A entrada é guardada por dois leões em pedra. No interior há um altar com a estátua de Tin Hau ladeada pelos generais guardiões. A seguir há um pátio interior decorado com um friso de dragões retorcidos por trás de um lago com plantas de lótus e uma braseira em metal. O pavilhão principal é dedicado a Kun Iam cuja estátua se ergue num altar profusamente decorado. Ao lado existe um altar em memória de Kwan Tai.

O tecto do Templo é particularmente belo com traves negras e telhas brancas a descoberto.

O Templo Lin Fong é históricamente famoso por ter sido aí que durante séculos ficavam instalados os Mandarins Chineses da província de Cantão quando se deslocavam a Macau. O mais conhecido visitante foi o Comissário Lin Zexiu que estava em Macau no ano de 1839. Em sua memória existe no pátio uma estátua de granito com 1,90m e um novo Museu.