Skip to Main Content

Capela de S. Francisco Xavier

Capela de S. Francisco Xavier

Construída em 1928, esta igreja segue o estilo barroco das principais igrejas de Macau. Tem uma fachada amarela e branca, com janelas ovais e campanário. Ergue-se por de trás do monumento que comemora a vitória sobre os piratas em 1910. Esta capela guarda algumas das relíquias mais sagradas da Ásia cristã. Entre elas, há num relicário de prata um osso dum braço de S. Francisco Xavier o qual, depois do seu trabalho missionário no Japão, veio para a costa chinesa, onde morreu em 1552 na ilha de Sanchuan, a 70 Km de Macau. A relíquia destinava-se ao Japão mas, a perseguição religiosa naquele país levou a Igreja a mantê-la na igreja de S. Paulo, em Macau. Foi transferida, primeiro para a igreja de S. José e, em 1978, para esta capela.

Durante a perseguição aos cristãos no Japão, 26 padres católicos estrangeiros e japoneses foram crucificados em Nagasaqui em 1597 e muitas centenas de japoneses cristãos mortos durante a Rebelião Shimabara, de 1637. Os ossos dos mártires e de alguns dos rebeldes foram trazidos para Macau e guardados na igreja de S. Paulo. Depois que um incêndio a destruíu, foram reunidos e levados para a Sé Catedral e, em 1974, transferidos para a Capela de S. Francisco Xavier. Finalmente, as relíquias dos Mártires do Japão e do Vietname repousam, actualmente, no Museu de Arte Sacra situado por detrás das Ruínas de S. Paulo.